segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Encontro de editores na Eurocon de Barcelona

Fui contactado pela Sofia Rhei a pedir a divulgação de um encontro de editores especializados em ficção científica e fantástico, a ter lugar durante a convenção europeia de FC de Barcelona, a Eurocon 2016. O que ela pede para divulgar é, em tradução ligeiramente adaptada, o seguinte:

No âmbito da Eurocon 2016 está a ser organizado um encontro dos pequenos editores europeus de FC, fantasia e horror. Pretende-se aumentar o nível de comunicação entre estes editores a fim de tornar mais fácil a socialização, os intercâmbios e as colaborações. O objetivo: aumentar o número de livros traduzidos de e para todas as línguas europeias. A extensão e profundidade desse encontro irá depender do número de pequenas editoras que se inscreverem, e a ideia é espalhar esta informação por forma a chegar a quem possa estar interessado em vender livros que tiver em catálogo e/ou a comprar direitos de FC, Fantasia e Horror estrangeiros no âmbito europeu.

Como registar a sua editora? Não é necessária qualquer taxa adicional! Basta estar presente na Eurocon 2016, na soalheira e espantosa Barcelona, e enviar um email a Sofia Rhei, para o endereço smallpress@eurocon2016.org. Também é possível contactá-la no Facebook.

Toda a informação sobre a convenção, incluindo Relatórios de Progresso, está acessível em
http://www.eurocon2016.org.


O que é preciso fazer para o encontro? Preparar uma comunicação de 5 minutos sobre um livro que se recomende especialmente (ou sobre 2 livros que caibam em 5 minutos). O livro, ou livros, devem ter sido escritos originalmente em português e deverão ter sido publicados pela editora de quem os apresentar. Procuram-se livros especiais e originais, com potencial para vendas, livros que mereçam ser traduzidos, as jóias de cada catálogo. Haverá que explicar aos restantes editores europeus o que torna o(s) livro(s) escolhido(s) interessante(s) e adequados a leitores estrangeiros, de preferência usando breves conceitos-chave e chamarizes. Convirá também levar cartões de visita, panfletos, catálogos, material de merchandising e talvez uns quantos livros para oferecer. Haverá um espaço de socialização agradável, alguns livros espanhóis para oferecer, e petiscos.

Fica então dado o recado, embora eu não conheça, em Portugal, nenhuma editora que se enquadre no conceito de small press a que a Sofia Rhei apela; nós temos editoras profissionais, não especializadas, com uma parte mais ou menos significativa do catálogo composta por FC&F (a Saída de Emergência, a Presença, a Asa/Gailivro, etc.), ou pequeníssimos projetos amadores (Imaginauta, Corte do Norte, etc.) e autoeditores, sem nada no meio. Não sei se alguma daquelas se interessará pela Eurocon, não sei se algum destes terá a coragem e autoconfiança necessárias para achar que se enquadra no pedido e tem em catálogo alguma obra minimamente adequada, mas seja como for estão informados.

Sem comentários:

Enviar um comentário