domingo, 17 de julho de 2016

Lido: A Afilhada de Santo António

A Afilhada de Santo António, mais um conto popular recolhido por Adolfo Coelho, é uma curiosa historinha que se por um lado parece ter inspiração cristã por outro é francamente estranha para ser uma história de inspiração cristã. A protagonista é uma rapariga protegida de Santo António, santo milagreiro, que o santo põe a servir em casa do rei... disfarçada de rapaz. A princípio as coisas correm bem, pois sempre que a rapariga tem alguma tarefa particularmente impossível lá lhe aparece o santo a fazar um milagre qualquer para que tudo se resolva, mas às tantas surge um problema mais sério: a rainha apaixona-se por ela e põe-se a persegui-la. Um conto cristão com lesbianismo acidental?! Eh lá! Andam avançados, estes católicos.

É curioso, este conto. Mais: é daqueles contos que dão pano para muitas mangas (e bem diferentes umas das outras). Daqueles contos de cujas três páginas se poderiam extrair histórias bem maiores.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário