sábado, 16 de julho de 2016

Lido: Os Virtuosos

Os Virtuosos (bibliografia) é um conto de Telmo Marçal que de fantasia, fantástico ou ficção científica só tem o exagero. Não o exagero de cada ato ou personagem concretos que nos apresenta, porque todos eles, sem exceção, são absolutamente realistas, mas da junção de todos numa mesma teia de interconexões. Se é que existe aí algum exagero.

Os virtuosos têm todas as virtudes da teia corrupta que se estende entre as empresas privadas e uma certa forma de se estar na política. São venais, são egoístas, são assassinos, são putas, são tudo o que se possa imaginar ao olhá-los, e o conto descreve-os um a um (bem, com um texto de qualidade), enquanto vai contando uma história que só não é policial porque não existe aqui qualquer sinal de polícia. Nem nas entrelinhas.

No fundo, isto é um conto de horror. De horror social, digamos assim.

Sem comentários:

Enviar um comentário