terça-feira, 2 de agosto de 2016

Lido: Alma

Alma (bibliografia) é um conto de Osíris Reis, de uma espécie de ficção científica mística, protagonizado por Alma, uma "cientista do inconsciente" que tem pesadelos muito seus. Todo o conto é onírico, e portanto tem muito de surreal, mas há algumas características, como a identificação da protagonista como cientista, cenas em que ela vê o seu planeta de fora, aparentemente do espaço, ou vagas sugestões de que talvez se trate de uma criatura inteligente não humana (apesar de parecer humana em todas as características físicas e nas reações), que o aproximam da FC. Será uma fantasia científica, portanto.

Há também muito de filosofia oriental nesta história, sugestões de reencarnação e progressão a caminho de uma espécie de Nirvana (sem este nome), uma criatura quase todo-poderosa cujo nome ressoa a deusa hindu, Lavinahdi, e por aí fora. A história em si consiste de uma sucessão de pesadelos de caráter maniqueísta, em que algo que se pode classificar como "cidadelas de pureza" estão sob intenso ataque das forças sombrias, e parte do conto é composto por cenas de batalha entre a protagonista (ou não) e essas forças.

A grande vantagem deste conto é estar muito bem escrito. Sem isso, as muitas suas características que colidem frontalmente com o meu gosto pessoal e aquilo que me interessa na ficção ter-me-iam certamente levado a não gostar dele. Mas está muito bem escrito, é boa literatura, e não se trata de um daqueles textos ocos, vazias de conteúdo, como há tantos. O conteúdo existe, eu é que não sinto grande interesse por ele. O conto, portanto, é bom. Não gostei muito dele, mas é bom.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário