segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Lido: As Três Fiadeiras

As Três Fiadeiras, mais um dos contos de Grimm, conta-nos em pouco mais de uma página a história de uma jovem preguiçosa que não gostava de fiar e o que acontece quando ela, graças a uma mentira da mãe, é contratada pela rainha precisamente para... fiar. Entra então na história um trio de velhas deformadas dotadas de poderes mágico-fiadeiros, que em duas penadas resolvem o berbicacho. Este é um conto sobre a entreajuda e a gratidão, e lembro-me de o ter lido (ou de mo terem lido, talvez) em miúdo, numa versão bastante mais desenvolvida, não me recordo onde. A habitual nota que enriquece esta edição fala de numerosas versões desta história, mas julgo que aquela que eu conhecia era mesmo uma adaptação a conto infantil. Seja como for, talvez por já conhecer uma versão expandida da história, este original dos Grimm pareceu-me um pouco amputado.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário