sábado, 10 de dezembro de 2016

Lido: A Boneca

A Boneca (bibliografia), de João Ventura, é no essencial um conto de fantasia com alguns elementos de ficção científica — bastante ténues — cuja protagonista, de certa forma, é uma boneca. A história começa num momento especial de uma antiguidade distante, no qual a feiticeira de um povo primitivo prepara magicamente uma boneca que possa ser usada para levar a morte a um tirano que, segundo informações dignas de crédito, se prepara para invadir a região. Mas as tropas do imperador chegam antes de a boneca poder ser usada, e esta fica esquecida, à espera.

Séculos mais tarde, já tudo está mudado, e a aldeia, entretanto há muito esquecida, é alvo de uma campanha arqueológica que acaba por desenterrar a boneca, a qual se mostra em surpreendente bom estado. E por casualidade, ou talvez não, isso acontece nas vésperas de uma nova invasão por parte de um novo tirano.

A ideia é interessante, e o próprio conto também, mas há um problema: o desenlace torna-se demasiado óbvio demasiado depressa. Assim, embora o conto esteja de uma forma geral bem construído e bem escrito, a leitura não é tão interessante como poderia ser porque lhe falta algum mistério que sustente melhor a história.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário