domingo, 4 de julho de 2004

Pois é...

Pois é, estou a ver aquilo. Vocês sabem, aquilo. Isso. Isso mesmo.

Que posso dizer? A regra é não ver mas, dizem, não há regra sem excepção, portanto seja hoje a excepção. Afinal de contas, não é todos os dias que se pode ver aquilo. Isso.

Só tenho pena é de aquilo estar tão chatinho. Mas tão chatinho. Tão chatinho. Tão.

O que vale é que daqui a bocado já acabou. Até já.

Sem comentários:

Enviar um comentário