Leiturtugas

O Projeto Leiturtugas nasceu com o objetivo principal de incentivar a leitura e comentário de ficção científica (FC) portuguesa na rede aberta. Aqui encontrarão um artigo com a ideia inicial, aqui e aqui dois outros artigos com a evolução do conceito na sequência de diversas formas de feedback e aqui o post, de dezembro de 2018, que dá o tiro de partida, com mais alguns ajustes.

Regras

Neste momento, as regras são as seguintes:

1. Os participantes esforçar-se-ão por ler e comentar obras de autores portugueses num mínimo de:

- 6 ou mais obras literárias com FC por ano e
- obras literárias sem FC (com ênfase não exclusivo nos outros géneros especulativos — fantasia, horror, fantástico, realismo mágico, etc.) e/ou de BD em número suficiente para que, somadas às que incluem FC, o total seja pelo menos 12 leituras/comentários por ano.

Por "obra literária" entende-se qualquer tipo de obra: romance, coletânea, antologia, conto, etc.

Por "participante" entende-se uma publicação. Isto é, um blogue feito por duas pessoas, por exemplo, conta como um participante. Outro feito por dez pessoas também.

Não existe limite máximo: quem quiser ultrapassar estes números, está inteiramente à vontade.

2. Cada comentário integrado no projeto deverá ser divulgado pelos restantes participantes, com uma periodicidade que ficará ao critério de cada um.

3. Para aqueles que considerarem estes números excessivos, existe uma versão light do projeto, as Leiturtuguinhas. As regras são idênticas, com os números pela metade: em vez de 6, 3, e em vez de 12, 6.

Participantes

De momento os participantes são os seguintes:

- A Lâmpada Mágica (Jorge Candeias);
- As Leituras do Corvo (Carla Ribeiro) - Leiturtuguinhas;
- Atmosfera dos Livros (Carla);
- Faces de Marisa (Marisa Luna);
- Ideias de Leitora (Maria) - Leiturtuguinhas;
- Intergalactic Robot (Artur Coelho);
- O Blog do Jauch (Eduardo Jauch);
- O Prazer das Coisas (Tita (Patrícia Rodrigues));
- O Senhor Luvas (Marco Lopes);
- Rascunhos (Cristina Alves);
- So Happy With Less (Raquel Silva) - Leiturtuguinhas;
- Words à la Carte - YT / INSTA (Nights);

Agradeço que quem quiser também participar me informe. Qualquer meio serve, inclusivamente um comentário nesta página.

36 comentários:

  1. Olá Jorge,
    Se percebi bem a ideia do projecto é ler pelos menos 6 livros de FC portuguesa e outros 6 livros de fantasia/ horror também de autores portugueses.
    Vou tentar participar, mas na versão light, pois não costumo ler FC mas há que sair fora da nossa zona de conforto. Vou "investigar" nos links que tens, para tentar tirar ideias de possíveis leituras, mas não prometo que consiga ler todos os meses.
    E se não te importares, vou fazer um vídeo para divulgar este projecto ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É quase isso. Ou seja, é isso, mas não é preciso que sejam livros DE FC; basta que sejam livros COM FC. O livro da Carina que foi a minha leiturtuga de dezembro, por exemplo, é fundamentalmente um livro de horror e fantasia, mas como contém um conto de FC, conta como livro COM FC.

      (e nem é preciso ser um livro; pode ser só um conto publicado online, por exemplo, ou um conto de uma antologia -- eu vou tentar só integrar nas minhas leiturtugas publicações completas, mas isso não é um requisito)

      E também não é necessário ser todos os meses. Não há nada contra que se leia duas ou três obras integradas nisto em janeiro e nenhuma em fevereiro, por exemplo. Eu vou fazer as contas só de seis em seis meses.

      Quanto ao vídeo, estás à vontade... ah espera, já está feito. :D

      Vou então somar-te a isto. Se entretanto achares que te queres deixar de "inhas", avisa.

      Eliminar
  2. Boa tarde!
    Através da Tita do Prazer das Coisas conheci este cantinho na net que estou a gostar de explorar. Muitos parabéns!!!!
    Quanto ao desafio, gostaria de alinhar.
    Dá para me juntar a vocês?
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva.

      Com certeza, e bem-vinda. Presumo que a publicação seja o Simplesmente Marisa; se não for avisa.

      Eliminar
    2. Certíssimo.
      Vou escolher livros e preparar a minha primeira publicação.
      Um abraço

      Eliminar
    3. Jorge, tens de acertar o link para o blog da Marisa. :)

      Eliminar
    4. Não há link para acertar. Aparentemente o blog foi apagado e não encontro nenhuma alternativa. Vou esperar que a Marisa me diga o que se passou e se vai recuperar o blogue ou arranjar um pouso alternativo. Para já vou retirá-la da lista.

      Eliminar
  3. Olá Jorge,
    Tive mesmo agora conhecimento do teu projeto através do blog da Tita, fiquei bastante curiosa, decidi vir visitar o teu blog e ler as regras.
    Gostava de saber de os livros de autores portugueses mas do género romance histórico não fazem parte da lista, mesmo ou estão num outro género?
    De qualquer das formas vou participar apesar de ter algumas dificuldades em encontrar os livros, mas participo no Projeto Leiturtugas.
    Boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Carla.

      A questão sobre o romance histórico está respondida neste post, na secção sobre "incluir mainstream e outros géneros". Em resumo, eu em princípio preferia que isto se restringisse às várias vertentes da literatura especulativa, mas querendo a malta incluir outras coisas e havendo a possibilidade de haver quem goste de ler FC e mainstream ou histórico, etc., mas não fantasia nem terror, passei a aceitar tudo. É o que quero dizer com o "ênfase não exclusivo" ali em cima nas regras: prefere-se literatura especulativa, mas não se exclui outras coisas.

      Quanto ao selo, tudo bem. Eu tenho ideias de fazer um logotipo para isto, mas duvido muito que arranje tempo para isso tão cedo (e a ver vamos se arranjo jeito).

      Vou então somar-te à lista e bem-vinda.

      Eliminar
    2. Olá Jorge,
      Se quiseres podes usar o selo que fiz, está à vontade.
      Vou participar;)
      Bom ano.

      Eliminar
  4. Olá Jorge
    Tomei a liberdade de fazer um selo do teu projecto, devidamente identificado, está na aba do blog, fiz a hiperligação para o teu blog, espero que não te importes.
    Carla.

    ResponderEliminar
  5. Boa noite

    Eu estaria interessada em participar, combina perfeitamente com o meu desafio de ler mais ficção cientifica durante este ano. Mas seria o lerturtuguinhas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo bem, Fiona, mas preciso de saber em que publicação iriam as opiniões ser publicadas.

      Eliminar
  6. Jorge, uma questão sobre o seguinte ponto:

    2. Cada comentário integrado no projeto deverá ser divulgado pelos restantes participantes, com uma periodicidade que ficará ao critério de cada um.

    Como vocês, que já começaram, estão pensando em fazer esta divulgação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já percebi que você faz um post por semana... Há alguma regra quanto a isso?

      Eliminar
    2. Oi.

      Não há regra nenhuma, não, mas se calhar devia haver, que até agora só eu fiz mesmo a divulgação. Talvez fosse boa ideia propor no mínimo um post de divulgação trimestral, ou coisa do género.

      Mas até haver, se chegar a haver, não há. É à vontade do freguês.

      Eliminar
    3. Ok :) Estousó aqui pensando como fazer. E como ficar sabendo dos posts... lol
      Estou terminando a primeira leitura de FC Portuguesa (um conto) e amanhã já devo comentar e referir os que já foram feitos :)

      Eliminar
    4. Sabermos dos posts é uma questão que também ainda está um bocado no ar. Eu tenho uma busca permanente no Google por "leiturtugas", mas já percebi que não funciona a 100%, e também tenho os RSS blogues aderentes no Feedly. Houve ideias de arranjar um grupo de facebook, chat coletiva ou coisa do género, para quem está no projeto divulgar internamente o que for sendo publicado, mas é ideia que não me agrada lá muito, embora ainda não tenha tido ideia melhor.

      Seja como for, o resto do pessoal pode vir buscar o que já foi publicado aos meus posts de divulgação (tag leiturtugas). A menos que me escape alguma coisa, uma vez por semana lá estará o que saiu na semana anterior.

      Eliminar
    5. Foi o que eu fiz. Vou tentar ver se tem alguma forma mais imediata.
      E se tivéssemos uma mailing list?

      Eliminar
  7. Olá! Tive conhecimento deste projecto através do canal "So Happy with Less" e estou interessada em participar. Neste momento já não tenho o blog activo (que está associado a esta conta google), mas criei um canal há pouco tempo, com o nome "Words à la Carte", e uma das minhas metas é divulgar mais livros de fantasia e FC. Acho que este projecto é uma mais valia, não só para divulgar mais obras destes géneros, mas também para divulgar autores portugueses. Os comentários dos livros lidos serão divulgados nos vídeos de leituras. Adorei a iniciativa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porreiro!

      Mas posso fazer uma sugestão? Reativa o blogue, nem que seja só para lá embeberes os vídeos, etiquetando-os com "leiturtugas". É que toda a pesquisa que eu faço para saber o que se publica por aí está baseada em texto, e se só puseres as coisas no youtube sem nenhuma chamada para elas fora do youtube, o mais certo é que me passem despercebidas. Desconhecia por completo o "So Happy With Less", por exemplo.

      Como a Tita tem as coisas organizadas funciona perfeitamente: um blogue com textos razoavelmente curtos (e podem ser ainda mais curtos, desde que as etiquetas estejam lá), e o vídeo embebido com a coisa mais desenvolvida.

      Pode ser?

      Eliminar
    2. Posso contrapor com outra sugestão? =) Eu já não utilizo o blog porque foi um período da minha vida que se encontra, agora, fechado. No entanto, tenho também conta de instagram e posso perfeitamente fazer um pequeno texto/ resenha com uma foto de cada livro lido para o desafio.

      Para além disso, há a possibilidade de se colocar um subtítulo nos vídeos do youtube e como irei participar em mais que um desafio literário, estou a pensar colocar nesse campo as respectivas hashtags/ etiquetas para os identificar. Acho que seria também uma mais valia para o "Leiturtugas" que se utilizasse uma hashtag/ etiqueta identificativa (que pode ser simplesmente #leiturtugas), porque é uma forma rápida, simples e bastante eficaz de se divulgar o projecto nas redes sociais ^^

      Pode ser? ^^

      Eliminar
    3. Eu não tenho nada contra publicar-se de outras formas que não nos blogues. O meu problema é que as redes mais ou menos fechadas, que incluem facebook, twitter, goodreads e também instagram e youtube muitas vezes pura e simplesmente não aparecem nas buscas. De vez em quando aparecem, mas só de vez em quando (e ainda não percebi o que é que há de diferente nas coisas que aparecem).

      Ou seja: há uma elevada probabilidade de eu não dar pelos posts. Os blogues também nem sempre aparecem, mas até agora tenho encontrado quase tudo (acho) o que tem sido publicado assim.

      O Instagram (e o Twitter e o Facebook, e o julgo que o Goodreads) tem ainda mais um problema particularmente grave: não permite fazer buscas a quem não tem conta no serviço. Ora não só eu não tenho conta no instagram e não vou criá-la para isto, como há por aí mais gente sem contas que ficaria privada de ter acesso às coisas, o que para este projeto é péssimo. A ideia é divulgar, não é fechar.

      O Youtube nisso é bastante melhor porque não é tão fechado. Mas continua a ter o problema de muitas vezes não me aparecer nas buscas. Não sei se é porque as pessoas não fazem descrições detalhadas dos vídeos ou não, mas que não aparece, não aparece.

      Eliminar
    4. Esqueci-me de uma coisa.

      Onde se lê "mas até agora tenho encontrado quase tudo (acho) o que tem sido publicado assim" devia ler-se "mas até agora tenho encontrado quase tudo (acho) o que tem sido publicado assim porque quando se usa etiquetas elas acabam sempre por aparecer. Já para não falar da melhor forma de encontrar material que existe na internet: o RSS. Nem Youtube nem nenhuma rede social tem RSS; os blogues sim (quase todos)."

      Eliminar
    5. Não fazia ideia que essas redes sociais eram "menos sociais" de vez em quando, nem encontro razões para isso...

      De qualquer maneira, tanto a minha conta de instagram como a do goodreads são públicas, assim como o canal. E todos eles aparecem na pesquisa google quando pesquisados e podem ser acedidos a partir daí.

      Claro que não estou à espera que ninguém crie conta em qualquer rede social só por minha causa, da mesma forma que não irei "reabrir" o blog.

      Por isso, não tenho qualquer problema em vir aqui e partilhar os links de todas as publicações que fizer relativas ao projecto, do qual vou participar e divulgar, independentemente das redes sociais usadas para o efeito, onde colocarei a etiqueta #leiturtugas =)

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    7. (devia-se poder editar os comentários; eliminei o anterior porque me esqueci de uma coisa)

      Bem, eu tentei...

      Seja. Fazemos assim, então. Não te esqueças é de me informar dos posts, OK?

      Para já preciso então do link ou dos links gerais onde vais pôr as coisas para te acrescentar à lista ali em cima.

      Eliminar
    8. Sim, claro!! Sempre que fizer uma publicação sobre o projecto, venho aqui e "respondo" com os links e até identifico as obras e os autores ^^

      Canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCYKirGgomQ0TfenN7-HKs3A?view_as=subscriber

      Página de Instagram: https://www.instagram.com/wordsalacarte_nights

      Em cada publicação, quer seja no canal, quer na página do instagram, vou também colocar a etiqueta/ hashtag #leiturtugas tal como tinha falado, para facilitar a divulgação =)

      Eliminar
    9. OK, obrigado. Já estás na lista.

      Boas leituras.

      Eliminar
  8. Olá Olá
    Um desafio giro, no entanto não costumo ler muito FC. Saramago conta?
    vou tentar participar no Leiturtuguinhas (se ler mais de 6 tanto melhor).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende do Saramago. Há dois livros dele que são basicamente distopias de FC, o "Ensaio Sobre a Cegueira" e "O Ano de 1993" e há vários outros que roçam pela FC, do "Objeto Quase" ao "Ensaio Sobre a Lucidez". Esses contam. Os outros, não. É veres os livros de Saramago que têm sido listados nos meus posts intitulados "Em [X] falou-se de..." (ou aqui, para os do ano passado) para veres quais os que considero próximos o suficiente da FC para contarem.

      E bem-vinda. Para te incluir ali na lista diz-me só em que publicação vais pôr as opiniões. No "Ideias de Leitora"?

      Eliminar
  9. Sim, vou colocar no ideias de leitora.
    Estou a pensar reler O Ensaio sobre a Cegueira, se bem que tenho "em falta" outros livros dele. Um é o Homem Duplicado (que já vi que consideraste nessa publicação)
    Li o "objecto quase" no ano passado e foi aí que comecei a achar que Saramago se enquadrava em Ficção cientifica...

    ResponderEliminar
  10. Olá Jorge! Como já mencionaram aqui nos comentários, divulguei o seu projeto num vídeo do YouTube, onde falo de livros que vou ler para um projeto meu de fantasia e ficção científica. Mas eu tenho Blog www.sohappywithless.com e é onde pretendo fazer as minhas publicações da minha participação no Leiturtugas. Vou começar por participar no Leiturtuguinhas, se depois conseguir ler mais de 6 tanto melhor.

    Esqueci-me de dizer que foi através do vídeo da Tita que tive conhecimento do projeto.

    ResponderEliminar
  11. Ótimo! Já te acrescentei à lista. Bem-vinda e boas leituras.

    ResponderEliminar