quinta-feira, 22 de julho de 2004

Um comentário filosófico ao jeito de Lili Caneças

Estar vivo é assim como estar morto, só que em vivo.

Sem comentários:

Enviar um comentário