terça-feira, 20 de março de 2007

O peão Allgarvio e o outro

Por outro lado, este "blogger emigrado, descendente de algarvia" também tem a sua razão. Mas julgo que é só alguma, porque se a campanha é suposto ser publicitária, deverá ser aceite ou contestada principalmente enquanto tal. Embora já tenha assistido a esse fenómeno variadíssimas vezes, custa-me a perceber as reações a campanhas de marketing que as tratam como se fossem algo mais do que campanhas de marketing.

Neste caso concreto, o marketing é tão desastrosamente mentecapto que tem um enorme potencial para prejudicar seriamente o produto que pretende publicitar. E, ao prejudicar o produto (o Algarve enquanto destino turístico), prejudica o setor económico da região que depende desse produto, logo, como esse setor é bastante importante para a economia regional (e eu até acho que esse facto é infeliz, mas as coisas são como são e não adianta fingir que são diferentes), prejudica a região como um todo. Não é que o Algarve se resuma ao turismo, mas esta campanha, porque é dirigida ao potencial turista, o que pode prejudicar mesmo é o turismo, acabando a causar dano ao Algarve por via indireta.

Mudando ligeiramente de assunto, da próxima vez que alguém me vier tentar vender a ideia de que os profissionais é que sabem, porque patati e a escola patata e o curso e etc., mando-os ver como alguém que aparentemente nem sequer é amador fez, se calhar em dez minutos e certamente de graça, um logotipo e slogan incomensuravelmente melhores do que a cretinice que saiu dos nossos "grandes" profissionais.

Sem comentários:

Enviar um comentário