sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Lido: Como Alguém Chegou, tal Como Havia Sido Profetizado, à Cidade do Nunca

Sim, claro: Como Alguém Chegou, tal Como Havia Sido Profetizado, à Cidade do Nunca é, só pode ser, mais um pequeno conto do Lorde Dunsany. Desta feita, o título explica bem o conteúdo. É um conto de fantasia que descreve, de facto, o modo como alguém chegou pela primeira vez à Cidade do Nunca, cidade fantástica que muitos terão visto mas onde antes do protegonista desta história — nunca nomeado — ninguém alguma vez conseguira chegar. Mas ao chegar lá depara com uma surpresa, que no entanto é inteiramente coerente com a história e a lenda. É outro conto que achei muito curioso por me ter feito lembrar outras obras de outros escritores. Neste caso, As Cidades Invisíveis, de Italo Calvino.

Sem comentários:

Enviar um comentário