quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Lido: O Depósito de Bagagem

O Depósito de Bagagem (bib.) é outro dos contos muito curtos de Ray Bradbury que, no livro de que faz parte, funciona melhor como ligação entre os contos principais do que como conto independente. Mas, ao contrário da maioria dos outros, este também funciona como conto independente. E como um bom conto independente.

Conta como, num local específico de Marte — um depósito de bagagem que também funciona como uma espécie de loja de malas — se sabe que na Terra vai haver uma guerra, há muito prevista mas até aí nunca concretizada. E pinta o retrato da reação previsível dos colonos de Marte a essa guerra, sendo que a maioria desses colonos acabou de chegar ao planeta e mantém fortes laços com o planeta de origem. Ah, e o fim é soberbo.

Sem comentários:

Enviar um comentário