sexta-feira, 22 de abril de 2011

Lido: A Implosão

A Implosão (bib.) é mais um dos contos de Italo Calvino protagonizados pelo seu extraterrestre eterno, Qfwfq. Desta feita, trata-se de um conto curto muito lírico, muito forte literariamente, que joga com os conceitos cosmológicos de buracos negros e brancos e de buracos de verme. Qfwfq mete-se na pele de um buraco negro e defende, apaixonadamente, a ideia de implosão contra a de explosão. É um conto que é acima de tudo poesia. Quem gosta de poesia devia lê-lo, porque certamente irá gostar; quem a odeia passe adiante.

Entretanto, ao escrever isto fui assaltado por uma interrogação. Terá o velho Qfwfq de Calvino inspirado de algum modo a personagem Q, do Star Trek? Há semelhanças que vão além do nome. Será só coincidência? Ignoro.

Sem comentários:

Enviar um comentário