quinta-feira, 19 de outubro de 2006

O Iraque, hoje

Um absoluto inferno. E vivam as consciências adormecidas que, no Ocidente, se deitam confortáveis com os seus soldados a pôr em prática (em teoria) conceitos tão imbecis como a imposição da democracia à bomba. Limpem as mãozinhas à parede, que fizeram um trabalho magnífico. Magnífico!

Sem comentários:

Enviar um comentário