quinta-feira, 14 de março de 2013

Ficção Científica Literária, quais são os critérios de inclusão?

Há já algum tempo que sinto vontade de explicar quais os critérios que uso para decidir o que é divulgado através do Ficção Científica Literária e o que fica de fora. Até a mim próprio, em boa verdade; é que têm-me surgido com alguma frequência situações em que não sei bem se inclua ou não um determinado post ou notícia, e nesses casos a decisão vai um pouco ao sabor da maré do dia. O problema está, como sempre, no traçar de fronteiras, entre o que é ficção científica e não o é, e entre o que tem a ver com literatura e já não tem.

Em geral, tenho procurado ser abrangente. Ou seja, tenho normalmente usado um critério que se pode resumir como "na dúvida, sim". Se tenho dúvidas sobre se a obra x é FC, incluo-a. Se tenho dúvidas sobre se o artigo tal tem de alguma forma a ver com literatura, incluo-o. A inclusão acontece, portanto, não só quando aquilo que me surge é declaradamente sobre ficção científica literária, mas também quando apenas roça a FC literária.

Só que às vezes fico até na dúvida sobre a dúvida, por assim dizer. Uma fantasia steampunk, por exemplo, é FC ou não é? Roça a FC ou não? OK, chamam-lhe steampunk. Mas será que o é mesmo, ou não passará de uma história vitoriana com vampiros ou magia, sem nada que se assemelhe ainda que remotamente ao retrofuturismo que está na essência do steampunk? Nem sempre é fácil sabê-lo, e eu hesito. Muitas vezes resolvo estes problemas divulgando as primeiras menções à obra e ignorando as subsequentes. Resolvo entre aspas, porque isto na verdade não resolve nada.

Até porque provavelmente não há resolução possível.

Mas enfim, façamos os possíveis: quais são os critérios para incluir material no FC Literária?
  • Estão escritos em português ou fazem referência a autores de língua portuguesa;
  • Debruçam-se sobre obras literárias ou escritores de ficção científica, e entende-se aqui FC no sentido mais lato possível, conforme explicado acima;
  • Referem-se a adaptações de obras literárias de FC para outros media;
  • Eu dou com eles. Não posso divulgar aquilo que desconheço;
  • São obras de ficção científica publicadas online
E quando é que não incluo o material que me aparece?
  • Quando não tem declaradamente nada a ver com ficção científica ou com literatura;
  • Quando não passa da repetição de uma nota de imprensa, ou de uma lista de lançamentos, já divulgadas anteriormente. Por vezes distraio-me e repito a divulgação, mas tento evitá-lo. Estar a divulgar repetidamente as mesmas coisas torna-se chato, tanto para mim como para os leitores.
  • Quando os sites não têm RSS. A sério. Ainda há por aí quem tenha sites sem RSS. Ora, como eu baseio a descoberta do material relevante nos feeds RSS, se estes não existem só darei com ele por mero acaso.
  • Quando os donos dos sites impedem a cópia de um extrato para usar no scoop.it. Ou melhor: quando julgam que impedem, porque nada há de mais fácil do que copiar todo o material que se queira de páginas em HTML. Eu é que não estou para isso. Se és suficientemente ignorante para julgar que lá por impedires a seleção e a cópia de texto na página estás a proteger de alguma forma o teu texto de quem to quiser mesmo roubar, o mais certo é que não tenhas nada de interessante para dizer. Portanto deixo de te prestar atenção.
  • Quando não há texto de onde retirar um extrato. O FC Literária é ferramenta para leitores; leitores precisam de texto.
  • Quando o fulcro do texto é a polemicazinha à fandom. Não há paciência para essas coisas. Nem utilidade.
  • Quando as coisas são extemporâneas. Se me aparece alguém a republicar apenas a sinopse comercial de algum livro lançado há mais de um ano, vou divulgar essa republicação para quê? Digam alguma coisa de vosso sobre o livro; assim valerá a pena.
E pronto, parece que é mais ou menos isto. Gosto de fazer aquilo, e acho útil. As duas coisas, aliás, estão interligadas: se não achasse útil gostaria muito menos. E visto que a coisa já vai com mais de 14 mil pageviews em alguns meses de existência, não sou só eu a achá-la útil.

Se é também o vosso caso, podem colaborar. Sugerindo conteúdo de dentro do scoop.it, por exemplo. Ou instalando um feed no vosso site se ele não o tiver (e estou a pensar em ti, ó Irmandade!). Ou informando-me de sites ou blogues que eu possa desconhecer. Ou deixando-vos de restrições inúteis à cópia de extratos.

E se fores o Google, deixando o Reader a funcionar!

Adenda: Quando escrevi isto esqueci-me de um critério bastante importante: não aparece material que seja disponibilizado em subredes fechadas. Nada de coisas escritas para fóruns, para o facebook ou para redes sociais literárias como o goodreads ou o skoob. Porque as redes fechadas estão a destruir a internet. Tão simples como isso.

Adenda à adenda: Mais um esquecimento, ainda mais tardio. Não aparece material que esteja publicado em sites com música automática. Porque pôr música automática em sites e blogues é pura vilania.

Sem comentários:

Enviar um comentário