quarta-feira, 7 de maio de 2003

Transformar spam em arte (3)

Hoje, o spam escolhido para sair do caixote do lixo e ser reciclado em versos até que trazia um título sugestivo, o que mostra que há alguns spammers com uma certa dose de sentido estético. Uma certa dose digital de sentido estético. Sim. Uma "Digital dose"...

Ah, é verdade: este ainda é ficção científica. Não o será por muito tempo, mas por enquanto...

Dose digital

Abro olhos em que pixels piscam por momentos
para depois se fixarem nos pequenos movimentos
do mundo digital que me assalta a realidade

Entro num repente no fluxo rítmico da cidade
feita de sombras rombas, de virtualidade
e recolho o feedback dos meus velhos sentimentos

Velho macaco vertical, velho primata cabeçudo
que fazes tu nos cruzamentos deste novo mundo?

Sem comentários:

Enviar um comentário