sexta-feira, 9 de maio de 2003

Transformar spam em arte (5)

Bem, isto hoje não é bem arte - é mais panfleto. Publicitário, claro - afinal de contas estamos a falar de spam, não é verdade? Este vinha em português e chamava-se "Novidades! Não perca..." Só alterei um sinal de pontuação neste título.

Poderia ter feito um panfleto artístico, é verdade. Mas a musa tem dias, como boa mulher que é, e às vezes sai de mansinho ou nem por isso, zanga-se, desaparece batendo com a porta e fica fora por uns tempos. É assim, há que aprender a viver com ela. Sem musa, não faço ideia do que me poderá ter inspirado nesta coisa. Não faço mesmo. Não sei de onde veio aquilo. Coisa estranha, não é?

Novidades! Não perca!

Há novidades nos campos da guerra
à espera que a guerra se lembre de si

Não perca! Não quererá ficar de fora
quando todos os seus amigos já tiverem
bombas inteligentes e de fragmentação
munições de urânio empobrecido, moabs
mísseis cruzeiro e todas as outras armas
que destroem massivamente homens maus
(só homens maus. E mulheres, e crianças
e soldados e civis, mas todos, todos maus)

Corra agora! A promoção é válida apenas
para os clientes mais rápidos e mais abonados

Quem vier depois terá de contentar-se
em ser campo de treino. Não é mau
mas é sempre melhor estar do lado do gatilho

Sem comentários:

Enviar um comentário