terça-feira, 3 de junho de 2003

Spamesia (29)

Ontem foi preciso esperar pelo último dos 31 spams do dia para encontrar o título mais adequado: "Fountain of youth". O resultado volta a ser ficção científica, mas provavelmente não será bem aquilo de que vocês estariam à espera:

Fonte da juventude

No país deserto havia uma fonte
de água tão amarela como a areia
mesmo ao lado, no alto dum monte
uma torre erguia-se como uma ideia

Quem bebia da água amarela
saboreando a sua doçura granulada
sentia um calor a descer a goela
assaltando os pêlos, a crista reclinada

Espalhava-se o calor pelo corpo inteiro
em ondas de dunas, ao luar vermelho
e das bossas antigas saíam primeiro
duas asas cobertas de couro velho

O bebedor voava, ao luar de prata
e pousava na torre pela última vez
aí havia um cofre numa pequena mata
e túmulos agrupados três a três

Do cofre retirava uma chave bizarra
abria um túmulo e cheirava o ar
se estivesse vazio, atava uma amarra
e ficava à espera de se transformar

Mas se contivesse um ovo cinzento
as asas caíam, partia-se em dois
a seu modo, um renascimento
um retorno à juventude, pouco depois

Era então que um dos jovens partia
rumo a nova vida, pela escadaria
e o outro ainda ficava mais um pouco
e bebia do ovo as velhas memórias
as velhas derrotas, as velhas vitórias
do seu novo eu, ali deixado pelo passado

Sem comentários:

Enviar um comentário