segunda-feira, 13 de outubro de 2003

Spamesia (161)

E domingo houve mesmo record (não conto com aquele disparate de vírus de Agosto), com a chegada de 78 spams. Ou seja, mais de metade do correio electrónico que recebi foi spam. Isto é, se não tivesse inventado a spamesia andava mesmo muito irritado. Muito irritado mesmo. Mas como a inventei, tenho o jogo da procura diária por um título razoável para me sacudir a irritação de cima do spam, e fico satisfeito quando o encontro. Foi o caso de ontem e dos "idlers":

Desocupados

Há desocupados mortos de fome
que assombram como fantasmas de silêncio
as mesas dos cafés, jogando às cartas

Há desocupados que se entretêm
com o vaguear dos transeuntes
lançando-lhes de vez em quando
num grito o seu escárnio triste

Há desocupados que se limitam a olhar para as mãos
e perdem simplesmente os olhos
pelos montes e vales das suas paisagens paradas
em busca, talvez, de um interruptor
que faça o tempo passar mais depressa

Sem comentários:

Enviar um comentário