terça-feira, 2 de março de 2004

Spamesia (301)

Como os spammers não estão nada preocupados com números redondos, depois do trezentos seguiu-se inevitavelmente o trezentos e um. Era domingo, e no vento electrónico que viaja continuamente pelo cabo chegavam-me 91 spams. Um deles, aparentemente, era filosófico: chamava-se "Gestalt".

Gestalt

Uma caneta não tem significado
sem a mão que nela segura
e sem os olhos que observam
a mão a segurar a caneta
ou a caneta a segurar-se à mão

Assim é uma arma

Sem comentários:

Enviar um comentário