quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Lido: Crimes de Belém

Crimes de Belém é um conto do candidato-descandidato-recandidato a presidente da república, Manuel João Vieira, sobre... sobre... hm... sobre que raio é isto?

Pois é, o problema é esse. O conto é uma salganhada. Conta com o característico humor irreverente e javardolas do MJV, e até está bem escrito, mas a verdade é que lhe falta um fio condutor que o transforme realmente num conto. Tal como está, é uma sucessão de imagens, muitas delas fantásticas, tão tenuemente interligadas que acabam por não formar um todo com um mínimo de coerência. É irreverente e iconoclasta? Sim, isso é. Tem piada? Não achei lá muito. É um bom conto? Também não me pareceu.

Sem comentários:

Enviar um comentário