sexta-feira, 12 de setembro de 2003

Spamesia (126)

Olá, cá estou de volta com mais spam. Tinha ficado no sábado, e portanto o senhor que se segue é o sr. Domingo. E o Sr. Domingo chegou, de fraque e cartola, com uma pastinha de couro na mão contendo 38 spams, que examinava atentamente com a ajuda do seu monóculo. Roubei-lhos todos, escolhi um intitulado "I have the cure." O sr. Domingo ficou indignado (exclamou, britanicamente, "By jove!"), mas não evitou que eu deitasse todos os 38 spams no cesto dos papéis amarfanhados, sorrindo-lhe com insolência. Sou um insolente do caraças!...

Tenho a cura

Se a vida parece que se te esgota dia a dia
e a alegria se evapora como um charco
ao calor de um dia de sol musculado
deixando para trás apenas o sopro
poeirento e seco da melancolia
então estás em presença de uma doença
mas não há problema: eu tenho a cura
procura uma pessoa que se mantenha pura
e mergulha no lago da sua ternura

Há que ter em atenção, no entanto
que em alguns indivíduos o resultado do tratamento
pode não ser a cura, mas a loucura

Sem comentários:

Enviar um comentário