quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Lido: Uma História de Terra e Mar

Uma História de Terra e Mar, de longe o maior dos contos de Lorde Dunsany que estão incluídos no livro em que o li, é uma espécie de sequela para um outro conto do mesmo livro (ou de outro livro, dependendo do ponto de vista; explicarei melhor quando falar do livro como um todo), A Pilhagem de Bombasharna. Voltamos a encontrar o mesmo capitão pirata Shard, voltamos a encontrar o mesmo navio, o Desperate Lark, mas agora a aventura roça a ficção científica (bem, a FC da época, pelo menos), pois aqui o navio é equipado com um conjunto de eixos e de grandes rodas de metal e avança terra dentro, pelo Norte de África adiante, penetrando profundamente no Saara a fim de fugir aos seus perseguidores. Mas acaba por trocar uns por outros, isto é, as marinhas europeias que dão caça ao capitão pirata por uma tribo árabe interessada, aparentemente, em pilhar o que o navio feito carro à vela poderia ter nos seus porões. É uma história muito imaginativa, como é de praxe neste autor, muito bem escrita, mas à qual falta, a meu ver, alguma da frescura das primeiras histórias. Ainda assim achei-a bastante boa. E uma vez mais inovadora e percursora de trabalhos posteriores de outros autores.

Sem comentários:

Enviar um comentário