sexta-feira, 8 de julho de 2011

Lido: Quando se é Borges

Quando se é Borges é um conto de Jorge Lobo Mesquita que gira à volta de um encontro de um tal Borges, indivíduo dado às letras, à história e à genealogia que funciona como protagonista e narrador do conto, com Jorge Luiz Borges, o escritor argentino, em Lisboa, era este já bem velho e aquele um jovem cheio de entusiasmos. Contada anos mais tarde, a história perde-se por detalhes meândricos que me interessaram muito pouco, a respeito da história antiga da família Borges, oriunda de algures no norte de Portugal, e das relações, reais ou imaginadas pelo narrador, entre o escritor e uma jovem que o acompanhava aquando do encontro. O conto está bem escrito e bem executado, cheio de detalhes que serão certamente saborosos para quem sinta interesse por tais assuntos mas que a mim aborreceram bastante. É um dos tais casos em que estamos perante um conto que me pareceu basicamente bom mas do qual não gostei.

Sem comentários:

Enviar um comentário