domingo, 27 de novembro de 2011

Lido: Primeiro Encontro

Primeiro Encontro (bib.), vinheta de Volmar Camargo Junior, é outro dos tais contos em que o autor sente a necessidade de explicar o que se segue logo em subtítulo. Neste caso, trata-se de um continho steampunk, claramente inspirado pelo filme Wild Wild West, e muito, muito pulp: há um vilão estereotipadamente mauzão, um soldado-aranha que tem sete patas por causa de um encontro anterior com a heroína. Esta também é uma personagem bem cliché: a ladra de bom coração. Já Fritz Leiber escreveu história atrás de história (ainda que de fantasia) com personagens do género, começando ainda nos anos 30 do século passado. E depois aparece caído do céu (bem... ou pelo contrário) um nerd que, claro, acaba com a mocinha. Tudo movido a ação, com os tiros, saltos e esquivas na iminência do desastre da praxe. É um conto adolescente. Se o autor também o for, tem muito tempo para crescer e fazer coisas fracas como esta faz parte do percurso. Se não... bem...

Sem comentários:

Enviar um comentário