terça-feira, 6 de abril de 2004

Ainda a propósito da efeméride

Há défice para tudo e mais alguma coisa, especialmente quando esse "tudo e mais alguma coisa" serve de justificação para atacar quem menos poder económico tem. Mas parece que não há défice quando se paga publicidade de página inteira, a cores, numa das páginas de abertura do PÚBLICO, o que é caríssimo. Para isto, o défice não existe.

E eu não consigo deixar de perguntar a mim próprio se isto não será paga da "compreensão" demonstrada pelo director do jornal em quase todos os seus editoriais.

Sem comentários:

Enviar um comentário