terça-feira, 9 de outubro de 2018

Isto se calhar só lá vai com um empurrãozinho - Grupo LeiTugas

Apesar de algum progresso recente, olhando para todos estes nove meses de leituras fc e para a sua média de menos de 5 opiniões sobre material português por mês, parece-me claro que isto se calhar só lá vai com um empurrãozinho. Mas que empurrãozinho?

Bem, na verdade nada impede que haja vários; pelo contrário, é útil que assim seja. Mas eu só posso dar um, e tenho andado a matutar nisso nas últimas semanas. E acho que tive uma ideia viável para o tempo que tenho disponível: uma espécie de clube de leitura, que me disponho a organizar e gerir.

Um clube de leitura informal, que reúna gente que publica opiniões na internet aberta e esteja disposta a ler pelo menos uma obra de ficção especulativa portuguesa por mês e uma especificamente de ficção científica (ou com FC) pelo menos a cada dois meses. E, claro, a opinar sobre elas. Pode ser livro (romance, antologia, coletânea), mas também pode ser apenas conto se não houver tempo ou vontade para mais. E também podem ser mais, mas isto seria o mínimo.

E sempre que um dos membros do grupo publicasse a opinião mensal respetiva (talvez identificada com um logotipo específico? De preferência melhor que aquele ali em cima, improvisado em dois tempos para ilustrar este post), informaria os outros (ou informaria o gestor, que informaria os restantes), os quais publicariam nas suas plataformas uma nota a informar o seu público de que no blogue x saiu uma opinião relacionada com o grupo. Isto podia ser feito um a um (o que só é viável se o grupo for pequeno), ou em apanhados mensais ou semanais. O objetivo é não só promover a leitura e a divulgação mas também promover o tráfego cruzado entre os vários sites e blogues aderentes.

Se aderirem a isto uns cinco ou seis blogues além dos suspeitos do costume, i.e., além daqueles que falam regularmente de material português, e melhor ainda se isto servir de incentivo ao aparecimento de blogues novos (ou à reativação de blogues adormecidos), julgo que seja possível chegarmos bem depressa a cerca de dez opiniões por mês, em média.

Que me dizem? Há interesse?

Sem comentários:

Enviar um comentário