terça-feira, 18 de julho de 2006

Opelarias

Se bem estão lembrados (partindo do princípio que o caro amigo que está a ler isto neste preciso momento - seja ele, o momento, qual for - é leitor habitual da Lâmpada e não alguém que aqui aterrou por um acaso qualquer), já aqui falei da Opel. Disse umas coisas mais ou menos interessantes, espero. O giro é que muitas desas coisas me chegaram há dias por intermédio de um email assinado por um tal Manuel F. Ribeiro (que eu não conheço, mas é blogueiro) que já faz, parece, parte de uma campanha. Transcrevo-o de seguida na íntegra:

A postura da Opel e o seu abandono das instalações em Portugal, deixando centenas de pessoas no desemprego, é um comportamento inaceitável.

O Governo português vai fazer accionar e muito bem todos os mecanismos legais de modo a sancionar este comportamento e devolver ao Estado Português todos os incentivos recebidos.

Considero que todos devemos apoiar esta medida.

Os portugueses têm dado exemplos magníficos de união como exemplo a movimentação para o Euro e o Mundial.

Aproveitemos esse movimento, façamos uma cadeia para demonstrar a nossa força: façamos correr por todos os nossos contactos esta mensagem:

OS PORTUGUESES NÃO COMPRAM AUTOMÓVEIS OPEL!

Talvez assim, apesar de sermos pequenos no mercado ibérico, motivo pelo qual se mudam para Espanha, sirva de exemplo para esta e outras empresas com estes comportamentos.

Os trabalhadores da Opel e suas famílias precisam da tua ajuda.

Sem comentários:

Enviar um comentário