terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Lido: O Patriota Improvável

O Patriota Improvável (bibliografia) é um conto de Maria de Menezes ambientado num presente alternativo de um Portugal em que, claro (visto ser esse o tema do livro), a monarquia não chegou ao fim. Bem escrito, em ambiente de comédia social, o conto poderia ser bom se dedicasse um pouco mais de espaço e tempo ao enredo e um pouco menos às crises e angústias causadas ao protagonista (um burguesito com vapores aristocráticos, enfadado e blasé, centrado apenas e só em si mesmo) pela doida da ex-mulher (doida e esquerdista caviar e ainda por cima (já disse?) doida... pelo menos sob o ponto de vista do protagonista, que também é narrador e sem qualquer dúvida vota naquilo que no seu mundo alternativo equivale ao nosso CDS), que até seriam interessantes como construção das personagens mas vão muito além disso; o suficiente para se tornarem uma chatice.

Mas com um bom desbaste nessa parte, uma página, página e meia, a menos, e com uma exploração um pouco menos banal e mais profunda da ideia base, o efeito e a importância da imagem para os titulares de cargos institucionais (no caso os membros da família real), que apesar de ser o mais importante é introduzido na narrativa tardiamente, o conto seria bom. O texto propriamente dito é de qualidade, o que torna o conto agradável; só o conteúdo é que não o é lá muito, o que o impede de ir além disso. Pena.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário