terça-feira, 23 de março de 2010

Lido: Point of K(No)w Return

Como não gostar duma noveleta de ficção científica que tem como personagem, ainda que muito secundária, um psicólogo (!) de rabo de cavalo chamado George Candeias? Pois é precisamente o que acontece a Point of K(No)w Return (bib.) de Gerson Lodi-Ribeiro.

Trata-se duma história integrada no universo ficcional do jogo Taikodom, e sofre alguns constrangimentos por isso. Em particular, por se esforçar por fornecer, numa extensão bastante curta de texto, uma quantidade imensa de informação sobre o universo, sobre a sequência de acontecimentos que levaram à diáspora humana pelas estrelas através de pontos de salto (buracos de verme, certamente) que é postulado existirem nos vários sistemas estelares e até no espaço interstelar, sobre a tecnologia envolvida, sobre as várias sociedades de humanos (spacers — oriundos de habitats artificiais, belters — oriundos de asteróides, e gente oriunda de superfícies planetárias) e as rivalidades existentes entre elas, etc., etc. Assim constrangido, é notável que Ribeiro tenha conseguido construir uma história com pés e cabeça sobre a primeira nave intestelar tripulada a penetrar num ponto de salto e aquilo que lhe acontece depois. O tema teria certamente sido melhor explorado num romance inteiro, mas que jogador se disporia a ler um romance para ficar com uma ideia do que está na base do jogo que se prepara para jogar?

Ou seja: se for vista apenas como uma obra literária, esta noveleta sabe a pouco. Mas se encarada como parte de um todo que vai muito além de si mesma, ou até da literatura de FC, é um pequeno texto notável.

Sem comentários:

Enviar um comentário