domingo, 7 de março de 2010

Lido: Una Realidad Perfecta

Una Realidad Perfecta, do argentino Fernando A. Cao, é uma pequena vinheta de ficção científica, misturada com mais do que uns toques de terror, na qual um homem é atraído a uma demonstração duma realidade virtual particularmente avançada. Mas não se vai achar exatamente onde supunha. Não é um grande conto — é muito difícil transformar textos tão curtos em grandes contos —, mas é curioso. E, para mim, o mais curioso é ver as semelhanças que tem com um mini-conto meu, que publiquei há 10 anos na revista Paradoxo. Chamava-se RV, e tinha muitos pontos de contacto com esta história argentina, que podem ler aqui. É a quinta.

Sem comentários:

Enviar um comentário