quarta-feira, 21 de abril de 2010

Lido: História que a Velha Aia Contou

História que a Velha Aia Contou (bib.) é um conto clássico de fantasmas, da Mrs. Gaskell. À parte um desenvolvimento algo mais lento do que é costume, e um maior cuidado nas descrições, segue fielmente o padrão nos contos deste tipo: Alguém, neste caso uma precetora com a sua pupila, chega a um casarão rural desconhecido, e vai lentamente descobrindo algo que é do conhecimento geral entre os habitantes do local: o casarão está assombrado por fantasmas originados num momento de forte intensidade dramática ocorrido longos anos antes. No caso deste conto, é a história subjacente ao tal momento dramático que lhe dá algum interesse acrescido, especialmente tendo em conta que foi escrito em meados do século XIX. O drama acontece quando é revelada uma série de segredos familiares que giram em volta de um sedutor, da rivalidade entre duas irmãs, de um casamento secreto e de um filho, mantido igualmente em segredo. Tudo muito feminino e romântico, como seria de esperar. Não me agradou por aí além, mas dentro do género é um bom conto.

1 comentário: