quinta-feira, 1 de julho de 2010

Lido: A Nefasta Velha Vestida de Preto

A Nefasta Velha Vestida de Preto é mais um dos deliciosos continhos do Lorde Dunsany, que desta vez se dedica a mostrar-nos o rasto de conversas, receio e olhares que a nefasta velha vestida de preto deixa ao passar (apressadamente) pela rua dos matadores de gado. Um conto muito curto em que o fantástico existe mais na imaginação das personagens secundárias, que constroem mirabolantes cenários de mau agouro por causa duma velha com fama de nefasta, do que propriamente na existência concreta (no que a ficção de concreto tem, bem entendido) de magias ou acontecimentos extraordinários. Delicioso? Delicioso.

Sem comentários:

Enviar um comentário