sexta-feira, 14 de abril de 2017

Lido: Um Dia na Vida do Intrépido Teófilo

Ainda na secção dedicada a "notícias", encontramos este texto de Carlos Silva, alegadamente escrito por um repórter que tem como incumbência acompanhar Um Dia na Vida do Intrépido Teófilo, Pais de apelido, uma daquelas personagens maiores que a vida que aparecem de vez em quando nas artes narrativas. É um conto interessante (e, apesar de ser apresentado como notícia, funciona perfeitamente se encarado como conto típico), apresentando-nos a personagem, o ambiente, naturalmente steampunk, e o que a personagem faz na vida. Mas de forma ambígua, pois o Teófilo tanto pode ser realmente intrépido, um verdadeiro aventureiro que financia as aventuras produzindo livros populares em que as narra, como um mero vigarista, que arranjou um estratagema para viver confortavelmente com a renda que obtém da personagem em que se transformou.

Mais uma vez, este é conto que dá pano para mangas. O Teófilo é uma personagem que merece ser explorada. Contudo, ao contrário de vários dos outros contos em que sobra muito pano para as mangas que apresenta, neste as coisas encaixam bem ainda que, e talvez paradoxalmente, a sua fraca adequação ao que se espera de uma notícia seja um dos fatores que fazem com que funcione enquanto texto de ficção.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário