sábado, 1 de junho de 2013

Um mês produtivo

Estive aqui a fazer umas continhas e descobri que no mês que acabou de acabar me saíram dos dedos quase 22 mil palavras de textos originais e mais de 59 mil de tradução. Com o bónus de a maior parte do texto original ser ficção. Aí umas 15 mil palavras, mais coisa, menos coisa... e se calhar esta estimativa é por defeito (autonota: devias arranjar maneira de separar a ficção da não ficção, ó pá). Para quem não consegue visualizar facilmente estes números, dá um volumezinho com umas 230 páginas. Só de textos originais são umas 60. E isto, para um escritor lento como eu, é francamente bom.

Um dos contos que escrevi este mês foi este. Mete ratazanas e ministros. Tudo a mesma coisa...

Sim. Foi um mês porreiro, à parte a saúde.

E o país.

Por falar nisso, já falta menos de hora e meia para a manif. Até já.

Sem comentários:

Enviar um comentário