segunda-feira, 1 de junho de 2015

Lido: Energia das Almas

Energia das Almas (bibliografia) é um conto de João Ventura que, à semelhança de outros contos dele (estou a lembrar-me, por exemplo, do que publicou na Vaporpunk) se debruça sobre modos alternativos, e neste caso fantasiosos, de produção de energia. Bastante ancorado às histórias do João Barreiros que deram origem a esta antologia, o conto pega nas equações de um obscuro germano, esquecido por todos, chamado qualquer coisa Einstein, e nas experiências sobre a perda de massa no momento da morte, feitas por um médico também razoavelmente obscuro chamado MacDougall, e constrói, ao seu estilo direto e irónico, uma história na qual um cientista de topo português faz uma descoberta com potencial para resolver vários problemas de uma cajadada. Resolvê-los-á mesmo? Isso é o que o conto nos mostra.

É um conto curioso, especialmente no contexto desta antologia, mas que julgo que não funcionaria muito bem autonomamente. Volta mais uma vez a não ser um mau conto, longe disso, mas também não me parece que seja dos melhores até agora.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário