terça-feira, 14 de junho de 2016

Lido: O Bom Negócio

O Bom Negócio é um conto dos Irmãos Grimm sobre as andanças e os negócios de um camponês, extraordinariamente estúpido, que vai deitando dinheiro à rua das formas mais inverosímeis que imaginar se possa mas acaba por se sair bem no fim graças a uma manha cuja vítima é um desgraçado dum judeu. Há várias coisas desagradáveis neste conto, mesmo levando em linha de conta que é obviamente história humorística, destinada a fazer rir quem a ouvisse contar. A idiotice do protagonista é tão excessiva que não é possível crer nela, e menos ainda é possível crer que tamanho cretino seja depois capaz de fazer cair alguém num ardil bem montado. Mesmo sendo judeu, o que nos leva a outra característica desagradável: o indisfarçado antissemitismo que por ela se transmite. Que uma história destas exista é antropoligicamente interessante, mas literariamente nem tanto. E para piorar as coisas para o meu gosto pessoal, ela nada tem de fantástico.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário