sábado, 29 de julho de 2017

Lido: Os Caminheiros

Os Caminheiros, de José Cardoso Pires, e apesar de nada ter de fantástico, é outro conto que me traz à memória as ficções científicas do Telmo Marçal. E não é difícil perceber porquê para quem leia estas e aquele: os caminheiros são gente mergulhada na mais profunda miséria, económica, sobretudo, mas também na miséria humana que a falta de recursos muitas vezes origina. O que aqui é descrito é a venda de um mendigo cego, que ganha a vida (as raspas dela que consegue ganhar, pelo menos) cantando modinhas acompanhadas à viola. Quem o vende é o companheiro de mendicidade, e vende-o com o mesmo tipo de atitude (e desespero) de quem vende uma peça de gado velha e doente. É um conto forte, este, muito baseado em diálogos que vão mostrando ao leitor, aos poucos, quem são e o que pensam as três personagens (o cego, o vendedor e mais tarde o comprador).

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário