domingo, 4 de julho de 2010

Lido: Crônicas

Crônicas (bib.) é uma coletânea de Gerson Lodi-Ribeiro na qual estão reunidos os contos e novelas que ele foi elaborando como apoio à criação, também sua, do universo ficcional e do pano de fundo do jogo Taikodom. E é, claramente e de longe, o mais profissional livro de FC lusófona que eu já li, quer no que isso tem de bom, quer no que tem de menos bom.

De facto, o produto principal neste empreendimento multimediático que é o Taikodom é o jogo (o livro, aliás, traz um CD de instalação do jogo), e as sete histórias presentes em Crônicas relembram-nos amiúde desse facto. Por várias vezes, a necessidade literária de elaboração duma história cede lugar à necessidade mais premente de apresentar o universo ficcional a potenciais jogadores e de despertar neles a curiosidade de o experimentar em primeira mão. E o autor faz isso muito bem, apesar do que lhe custa em termos de qualidade puramente literária em alguns dos contos e novelas.

Outro facto que também tem os seus custos tem a ver com a sequência e as repetições. Com efeito, a maior parte das histórias presentes no livro foi originalmente publicada no site do jogo, onde não é possível estabelecer uma sequência rígida de leitura. Consequentemente, há alguma informação mais fundamental que tem de ser repetida, para que os leitores/jogadores a obtenham qualquer que seja o texto em que pegam para ler. Ora, se isso funciona com contos avulsos publicados online, quando estes são recolhidos num volume único, em que há uma sequência de leitura e, especialmente em coletâneas passadas num universo ficcional coerente, essa sequência é mais do que uma mera sugestão proveniente da posição das histórias no fio das páginas, repetições desse género tornam-se um fator de distração e fazem com que as histórias acabem por sair mais mastigadas do que poderiam ter sido.

Tudo isto são factos inerentes à origem deste livro. Condicionalismos que o autor teve de aceitar e com os quais teve de contar ao escrever as suas histórias. E a verdade é que se saiu muito bem da tarefa, conseguindo até, por vezes, inserir subtileza em algo que, à partida, seria bastante hostil a ela, e logrando escrever algumas histórias que encheram as medidas aqui a este leitor, por vezes surpreendentemente. Fazendo uma analogia que não será de todo pateta com a patinagem artística, diria que só posso dar a este livro uma grande nota técnica, ainda que a artística fique por vezes algo aquém.

Em baixo têm a lista das histórias que compõem o volume, e se seguirem os links podem ficar a saber o que achei de cada uma.

- Point of K(No)w Return
- Despertar do Físico
- Morituri te Salutant!
- Guia Tertius do Taikodom Para o Turista Independente
- Escambos com Nativos
- Segunda Ressurreição
- Confronto com Quimera

Sem comentários:

Enviar um comentário