sábado, 16 de fevereiro de 2013

O hífen antigo

E eis-nos no último grande grupo de palavras que consta do Vocabulário da Mudança: as hifenadas. Aqui, embora houvesse alguma divergência ortográfica entre as regras brasieiras e as dos demais países, o grosso da evolução é feita em conjunto, com regras novas para todos e uma unidade generalizada na forma de usar o hífen. Dividi a análise em dois grupos: o das palavras que já continham hífen antes do AO90, quer em toda a lusofonia, quer só em parte dela, e o das palavras que não eram hifenadas e passaram a sê-lo. Aqui falo apenas do primeiro desses grupos.

Entre as palavras presentes no Vocabulário da Mudança, as que tinham hífen nas antigas ortografias eram bastante numerosas: 1060. Cerca de um sexto do total. Mas uma parte destas palavras estão no vocabulário devido a mudanças noutras questões, não no hífen. Aquelas em que existe mudanças no hífen são só 902. Subdividem-se da seguinte forma:
  • Existem 14 casos de ortografias anteriormente divergentes e que, apesar das mudanças na hifenação, passaram a duplas ou múltiplas grafias. Em todos esses casos a multiplicidade gráfica deve-se a outros fatores, não ao hífen.
  • Os casos de mudanças em toda a lusofonia, ou seja, os casos em que uma grafia comum passa a outra grafia comum, são de longe os mais numerosos: 821.
  • Existem 64 casos de convergência.
  • Há apenas 3 casos de divergência, todos devidos a alterações que não têm a ver com o uso do hífen.
  • Entre os casos de convergência, 17 fazem-se para a forma que anteriormente era a portuguesa.
  • São 31 os que se fazem para a anterior forma brasileira.
  • São 16 os que se fazem para uma forma nova.
No que toca ao hífen, portanto, e por confusas que as regras possam ser (e eu acho que algumas são, embora também ache que o problema está longe de ter solução simples), a unidade ortográfica é total. A divergência que existia antes do AO90, que já era reduzida para começar, deixou de existir.

E neste momento falta-me falar-vos de pouco mais de 50 palavras. Mais três posts e isto acaba. Ufa!

Sem comentários:

Enviar um comentário