sexta-feira, 20 de maio de 2016

Lido: A Estranha Morte do Professor Antena

A Estranha Morte do Professor Antena (bibliografia) é uma noveleta de Mário de Sá-Carneiro, de algo de próximo à ficção científica, ou pelo menos à proto ficção científica, que eu já tinha lido há alguns anos. Mantenho em grande medida a opinião que tive nessa altura: é pena que este texto, que começa de forma bastante interessante, acabe por resvalar numa espécie de dissertação quase ensaística sobre a filosofia subjacente à transmigração das almas, tal como Sá Carneiro (ou pelo menos as personagens de Sá Carneiro, o Professor Domingos Antena e o seu assistente anónimo que narra a história) a vê. É pena que à qualidade literária não corresponda uma igual qualidade na construção do enredo; todas estas ideias e especulações poderiam perfeitamente aparecer numa história de outro tipo, menos descritiva, mais... mais viva. É pena que, ao concluir a leitura, fique a sensação de que haveria muito mais a explorar na história do Prof. Antena.

No entanto, desta vez aborreci-me bastante menos com esta história do que durante a primeira leitura, e por isso gostei mais dela. Efeito, decerto, de hoje já ter como a enquadrar no contexto mais vasto da obra em prosa de Sá Carneiro, e por isso compreender melhor certas escolhas e certas ideias. Efeito, certamente, de já saber que esta história é invulgar entre as histórias do autor, pois dela estão ausentes quase todos os tópicos que como que assombram a vasta maioria das restantes. E assim, pese embora tudo o que achava e continuo a achar ser pena, já não posso dizer que não gosto deste texto; digo apenas que não gosto lá muito. Sá Carneiro tem melhores. E também tem bem piores.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário