sexta-feira, 29 de maio de 2015

Lido: Dagon, nº 0 (quinta parte)

Épica, Mágica e Gótica são três poemas de Carla Ribeiro onde a ideia, parece-me, é retratar sob forma lírica três facetas da literatura de fantasia. Não gostei lá muito.

O Original, ou Sua Ausência, na FC Portuguesa Face a Outros Países é a republicação de um artigo do Luís Filipe Silva onde ele defende, com exemplos, a tese de que falta originalidade a uma parte significativa da ficção científica que se escreve e publica em Portugal, em grande medida por desconhecimentodo que se faz, no género, por outras paragens. Não discordo.

Ficção Científica: A Difícil Definição de um Género é um artigo do Roberto Mendes onde ele se dedica à inglória tarefa de tentar definir o que vem a ser isso de FC. Não posso dizer que discordo do que ele escreve, mas também não concordo, propriamente: fui-me simplesmente convencendo aos poucos de que essa é discussão em grande medida estéril.

Por Universos Nunca Dantes Navegados é um artigo de apresentação da antologia homónima.

Sem comentários:

Enviar um comentário