domingo, 4 de agosto de 2013

Lido: Histórias de Vampiros

Histórias de Vampiros (bibliografia) é uma antologia, organizada não se sabe por quem, que reúne num único volume uma série bastante diversa de histórias de vampiros. A ideia parece ter sido mostrar a abrangência do termo, talvez como reação a uma certa cristalização de características e maneirismos que as histórias de vampiros vieram sofrendo ao longo dos séculos XIX e, principalmente, XX. Se assim foi, o objetivo foi plenamente alcançado, pois estas histórias mostram, de facto, uma variabilidade bem maior do que a das histórias que se baseiam, de perto ou mais de longe, nos vampiros de Bram Stoker. Umas mais próximas das histórias populares que originaram a literatura, outras mais afastadas, umas claramente de horror, mais ou menos gótico, mais ou menos romântico, outras onde o vampirismo surge apenas como parte imaginária de acontecimentos reais ou realistas, estas dez histórias combinam-se para gerar uma antologia com frequência surpreendente, em especial para quem não está a par dos primórdios do género e das suas ramificações.

Juntando a isso um conjunto de traduções que me pareceram boas, embora as várias versões livres que nela se podem encontrar não raro me tivessem levado a interrogar-me sobre qual a percentagem que o autor original teria em fim de contas no resultado, temos uma antologia não só bastante boa mas também bastante relevante. Querem um apanhado abrangente sobre o que se incluía no tema vampírico antes da recente moda de histórias mais ou menos concebidas para meninas adolescentes ter alterado parte significativa das regras do jogo? Leiam este livro.

Só achei falta de alguma história que combinasse vampiros com ficção científica, porque sei que há várias e boas. Até na língua portuguesa, com as histórias de Gerson Lodi-Ribeiro do universo dos Três Brasis, protagonizadas pelo Filho-da-Noite. Mas nunca se pode ter tudo.

Eis o que achei das dez histórias:
Este livro foi comprado.

Sem comentários:

Enviar um comentário