quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Lido: Nebula Awards Showcase 2009

Nebula Awards Showcase 2009, como o título indica, é a edição de 2009 do mostruário anual dos Prémios Nébula, uma série de antologias que se vem publicando, com vários títulos e com vários editores, desde 1966. A edição de 2009 (que não se refere aos prémios de 2009, mas aos de 2008) foi editada por Ellen Datlow e contém um extrato da obra vencedora na categoria romance, a novela vencedora e outra novela finalista, a noveleta vencedora e mais duas das finalistas, o conto vencedor e mais três finalistas, três poemas vencedores do Prémio Rhysling, um conto de Michael Moorcock, vencedor do Damon Knight Grand Master Award e ainda uma série de artigos de um caráter que vai do depoimento pessoal à análise crítica sobre uma variedade de temas ligados, na sua maioria, a outras premiações do ano, passando por listas de premiados e nomeados ao Nébula e a prémios conexos.

Trata-se, como se vê, de uma compilação de textos que extravasa o âmbito restrito do Prémio Nébula. Mas mesmo que não extravasasse, a qualidade seria sempre alta.

Os prémios literários são sempre questão delicada. E polémica. Há sempre acusações de não se estar a premiar realmente a melhor ficção do ano, por um motivo ou por outro, dos mais inócuos (o desconhecimento de um mundo mais vasto; o encerramento de quem escolhe na sua bolha pessoal de interesses e leituras) aos mais sombrios (amiguismos, sindicatos de votos, até, por vezes, corrupção). Mas a verdade é que, não escapando embora às polémicas nem aos altos e baixos, os Nébula têm sido, entre os prémios principais da FC&F anglófona, aqueles que têm mantido uma qualidade geral mais elevada.

E a edição que esta antologia compila é disso bom exemplo. Não há aqui maus textos. Nem sequer há textos medíocres. Há apenas textos que me pareceram bons mas não correspondem tão bem como outros ao meu gosto pessoal, e há vários absolutamente brilhantes. Há uma variedade de estilos, géneros e abordagens, que no entanto têm como linha comum uma preocupação literária não despicienda. Diz-se por vezes que o Nébula é o mais literário dos prémios ligados à ficção científica, e este conjunto de contos e novelas parece querer confirmar essa ideia. Há aqui prosa muitíssimo bem escrita, literatura de grande qualidade. E o que tudo isto quer dizer é que esta antologia é muito boa, realmente muito boa, das melhores que já li.

Eis o que achei de cada um dos contos, novelas e poemas:
Este livro foi comprado.

Sem comentários:

Enviar um comentário