sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Lido: To Ser or not to Estar

To Ser or not to Estar, de José Sesinando, é um hilariante texto, mui erudito, sobre a candente questão do ser e do estar, onde Sesinando faz uma magnífica trapalhada com as etimologias e ontologias dos verbos estar e ser e respetivos equivalentes estrangeiros. Tudo devidamente inventado, obviamente, mas com uma verve, uma capacidade de desarrincar correlações inesperadas, que se torna praticamente impossível não soltar umas valentes gargalhadas. Até vai buscar Estaline, vejam só (está-line, pois então). Muito bom. Mesmo.

Textos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário