quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Franz Kafka: Relatório a uma Academia

Pelos vistos não é por acaso que a obra mais famosa de Franz Kafka gira à volta de uma metamorfose de humano em animal. Relatório a uma Academia descreve o processo inverso, uma metamorfose de animal em humano, ainda que a novela famosa e o sucesso que esta teve pode ter tido influência decisiva na inspiração do escritor para escrever este conto, uma vez que este é posterior àquela.

E este é um conto com bastante profundidade. O protagonista é um macaco, que foi capturado na sua terra natal e encerrado numa gaiola, num navio com rumo à Europa. Prisioneiro, sem nenhuma saída óbvia da situação em que se vê metido, decide, ou o seu corpo decide por ele, que a única forma de se livrar daquela prisão é transformar-se em homem.

É essa transformação, os motivos que lhe estiveram subjacentes e o processo e o que foi sentido enquanto ela acontecia que ele agora narra à academia do título. E é isso, o conto: uma apresentação, uma narrativa em primeira pessoa. Tanto pode ser verdadeiro, isto é, resultado de uma metamorfose realmente acontecida, como falso, produto de loucura. Mas em ambas as alternativas, é uma reflexão bastante interessante sobre a condição humana. Nisso, aproxima-se de muita ficção científica, habituada a esse tipo de reflexões sempre que trata de criaturas não humanas (por completo ou parcialmente), embora nada exista nele de FC.

É um bom conto, este.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário