segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Jorge Luis Borges: Tlön, Uqbar, Orbis Tertius

Não sei se isto acontece a todas as pessoas que leem muitos contos ou é só comigo por, além de ler muitos contos e livros de contos e revistas, andar sempre a ler várias coisas ao mesmo tempo (e quando digo "várias" é à volta de 10), mas o facto é que já aconteceu mais que uma vez deparar com o mesmo conto em publicações lidas muito perto uma da outra. Voltou a acontecer agora com este conto de quase FC de Jorge Luis Borges: Tlön, Uqbar, Orbis Tertius (bibliografia), de que aqui falei ainda nem há um mês. Sim, voltei a lê-lo agora, e não, continuo a não ter nada a acrescentar à minha opinião de há cinco anos.

Contos anteriores desta publicação:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por motivos de spam persistente, todos os comentários neste blogue são moderados. Comentários legítimos passam, mas pode demorar algum tempo. Como sempre acontece, paga a maioria por uma minoria de idiotas. Parece ser assim que o mundo funciona, infelizmente.