quinta-feira, 28 de maio de 2020

FC? FC!


O mês de maio tem vindo nos últimos tempos a ganhar uma espécie de tradição de ser o mês da ficção científica devido à confluência de duas datas comemorativas do género nos seus 31 dias.

A primeira, o 4 de maio, vem da confluência fonética entre as palavras inglesas "may, the 4th" (i.e., 4º de maio) e "may the force", o início da saudação jedi "may the force be with you". Esse trocadilho levou o 4 de maio a passar a ser comemorado como dia de Star Wars.

A segunda, o 25 de maio, tem duas proveniências e por conseguinte dois nomes. É conhecido como "Dia da Toalha" em homenagem ao escritor inglês Douglas Adams, e cai a 25 de maio porque foi nesse dia do ano de 2001, duas semanas após a morte de Adams, que se realizou a primeira homenagem. Porquê da toalha? Leiam os livros dele que perceberão. E acima de tudo não entrem em pânico.

E também é conhecido como "dia do orgulho nerd" ou "dia do orgulho geek" e também está ligado ao Star Wars, embora de uma forma mais indireta: quando os fãs espanhóis resolveram arranjar um dia para comemorar a sua nerdice/geekice optaram pelo 25 de maio por ter sido nesse dia que estreou o primeiro filme da série de George Lucas, em 1977.

Por extensão, todo o mês de maio começou a estar ligado à FC. Pela blogosfera literária é frequente dedicar-se o mês à leitura de ficção científica, por exemplo, e há algumas iniciativas exteriores às duas datas que também se relacionam com o género. Lá fora, pelo menos.

E eu, no fim do mês passado, resolvi que durante maio ia publicar aqui na Lâmpada um conto meu de FC. E pensei que era capaz de ser giro se houvesse mais malta a fazer o mesmo. Uma espécie de celebraçãozinha da FC portuguesa, que merece ser celebrada por conseguir apesar de tudo ir resistindo a ventos e marés. E lancei a ideia, sem realmente esperar grande adesão. Ou nenhuma.

Até houve alguma. E além do meu conto apareceram mais alguns. Termino este post com uma lista dos contos que sei terem sido publicados, a qual será acrescentada caso me cheguem mais ao conhecimento. São estes:

Mudam-se os Tempos... - Miguel Hernâni Guimarães
O Gato Duplicado - João Ventura
Ondulações Sobre o Fundo Cósmico - Jorge Candeias

Sem comentários:

Publicar um comentário